EMERGENCE

2-6 de Julho em Lisboa

Candidaturas até 15 de Junho

Não percas esta oportunidade, candidata-te já!

#emergencehackathon

Hackathon

Este evento tem como objetivo reunir cientistas, programadores, artistas, e outros, para juntos comunicarem conceitos complexos em investigação científica tirando partido das tecnologias de media digitais.

Neste evento intensivo de 5 dias, os participantes estarão imersos num ambiente colaborativo, explorando tecnologias de media digitais (ex: filme, tecnologias interativas, VR) com um foco na criação de histórias para experiências lineares e experienciais. Durante todo o evento, cada equipa terá o apoio de um mentor, que assumirá a função de produtor, garantindo assim que cada equipa está no caminho certo para completar o seu projecto no tempo permitido.

Espera-se que os participantes trabalhem em equipa durante todos os 5 dias, sejam criativos, e, claro, se divirtam!

Os créditos (ou propriedade intelectual) dos projectos concluídos durante o evento são detidos pelos autores do trabalho (participantes).

Participar

Cientista

Um pagamento, ainda que simbólico, parece funcionar para saber quem quer mesmo vir participar. Nesse sentido há um valor de participação de €50. Aceitas?

Criativo

Um pagamento, ainda que simbólico, parece funcionar para saber quem quer mesmo vir participar. Nesse sentido há um valor de participação de €50. Aceitas?

Programador

Um pagamento, ainda que simbólico, parece funcionar para saber quem quer mesmo vir participar. Nesse sentido há um valor de participação de €50. Aceitas?

Blackbox

Um blackbox é um candidato que não se encaixa em nenhuma das outras categorias (cientista / artista / programador). Um blackbox possui competências multidisciplinares em storytelling, tecnologia e/ou design, ou uma capacidade única que contribua para a dinâmica do grupo.

Um pagamento, ainda que simbólico, parece funcionar para saber quem quer mesmo vir participar. Nesse sentido há um valor de participação de €50. Aceitas?

Pessoas

Mentores

João Beira

João Beira

João Beira é um artista visual e director de arte que explora a intersecção de luz com medias interactivos. É o fundador e director criativo do projecto Datagrama, um coletivo de artistas que explora visualizações em tempo real para eventos para artistas como Thievery Corporation, Tipper, Emika, Quixotic. Como director criativo, já realizou projetos para clientes internacionais como a National Geographic, Scion e Vimeo. É doutorado pela Universidade do Texas, Austin, e é atualmente professor na Universidade do Porto (FEUP).

João Antunes

João Antunes

João Antunes é um Designer de Produto que abrange design e engenharia de software, com um foco na interação humano-computador. Atualmente, desenvolve produtos de processamento de informação, tendo recebido financiamento do Google DNI. Membro da equipa J++ e professor de mestrado em design digital. No passado trabalhou como investigador na Fraunhofer Portugal e como designer na Postcrossing. Ajuda a organizar eventos / projetos relacionados com dados abertos em Portugal.

Ana Figueiras

Ana Figueiras

Ana Figueiras é doutorada em Media Digitais pela NOVA e investiga storytelling em Visualização de Informação. Está focada em encontrar as melhores técnicas para incorporar elementos narrativos em visualizações. Atualmente, está a estudar como avaliar visualizações, tendo em conta não apenas a performance do utilizador, mas também métricas de user experience, como a diversão, o engagement e memorização. Também é Professora Auxiliar Convidada na FCSH / NOVA e investigadora do iNOVA Media Lab.

António Bezerra

António Bezerra

António Bezerra é Art Director e fez direcção criativa na Absolut, Central de Comunicação, McCann Erikson, e BAR. Fez parte da direção do Clube de Criativos de Portugal, foi jurado em vários festivais de criatividade e premiado nacional e internacionalmente. O seu percurso caracteriza-se pela multidisciplinaridade e pela integração de diferentes áreas da comunicação. Apaixonado por arte e ciência, para além do seu trabalho como designer desenvolve ainda projetos de New Media Art.

Pedro Ângelo

Pedro Ângelo

Pedro Ângelo é um consultor independente para o desenvolvimento de projectos criativos, professor assistente convidado na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa e aluno de doutoramento no Programa UTAustin|Portugal. A sua prática combina investigação, desenvolvimento ágil, tecnologia aberta, programação criativa, design de interacção, prototipagem de hardware e fabricação digital, com o objectivo de transformar visões criativas em realidade.

Organizadores

Gustavo Magalhães

Gustavo Magalhães

Gustavo Magalhães é consultor e investigador em estratégias de dados com mais de 10 anos de experiência internacional em projetos de media digitais. Com competências em gestão de projeto, dados abertos, e tecnologias digitais, concebe e implementa estratégias transformadoras ao nível dos dados em várias áreas, desde a publicidade ao e-gov. Completou o grau de Mestrado em Física pelo Imperial College de Londres e o grau de Doutoramento em Media Digitais pela Universidade do Porto, fazendo parte do programa UT Austin | Portugal.

Tiago Gama Rocha

Tiago Gama Rocha

Profissionalmente, tive muitas carreiras nos últimos 15 anos (cinema, documentários e communication strategist). Também recebi bolsas e honras e completei o grau de Doutoramento em Media Digitais pela Universidade do Porto, fazendo parte do programa UT Austin | Portugal. Ajudei a fundar vários projetos colaborativos (por exemplo, muarts.tech, openfield-creativelab.com) e, atualmente, tenho a sorte de trabalhar no setor de publicidade. Faço parte de uma agência de comunicação jovem, onde passo a maior parte do meu tempo a desenhar estratégias de conteúdo que atendam às necessidades dos nossos clientes.

FAQs

Geral

  • O que é um Hackathon?

    Um Hackathon é um evento de sprint onde participantes se reúnem para criar um produto num curto espaço de tempo. Num ambiente verdadeiramente colaborativo, nos hackathons exploram-se novas ferramentas e métodos de storytelling e construção de comunidades.

  • Qual é o objetivo do Emergence?

    A ciência pode parecer inacessível e complexa para um público não-científico, enquanto que a arte pode parecer inatingível e assustadora para os cientistas. Assim, este evento tem como objetivo reunir cientistas, programadores, artistas, e outros, para juntos comunicarem conceitos complexos em pesquisa científica tirando partido das tecnologias de media digitais.

  • Como funciona uma Hackathon Emergence?

    O hackathon é composto por duas partes distintas.
    A primeira parte (dias 1-2) em palestras e exercícios (com um foco em kits e ferramentas de desenvolvimento de projetos e de soft skills) na área da produção de comunicação de ciência com tecnologias de media digitais.
    A segunda parte (dias 3-5) consiste exclusivamente no desenvolvimento em grupo de um projecto que comunique efetivamente o conceito científico / tecnológico escolhido pela equipa.

  • O que é o evento final?

    Na última noite do evento (dia 6 de julho), haverá uma exposição pública, de entrada gratuita, dos projetos finais. Todos são bem vindos!

  • Onde será o Emergence hackathon?

    O evento terá lugar na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova. Morada: Avenida de Berna, 26-C, Lisboa.

Candidaturas

Participação

  • Quanto custa participar?

    Um pagamento, ainda que simbólico, parece funcionar para saber quem quer mesmo vir participar. Nesse sentido há um valor de participação de €50.

  • É preciso levar alguma coisa?

    Para explorar ao máximo o leque de tecnologias de media digitais atualmente disponíveis, é essencial que os participantes tragam as suas próprias tecnlogias (por ex: laptop, arduino, raspberry pie, sensores, BCIs) para a produção do projecto a ser submetido. Nós ajudaremos no máximo que pudermos!
    Tentamos também conectar os membros das equipas algumas semanas antes do evento, para que se possam conhecer e preparar.

  • Quanto tempo dura o hackathon? Tenho de ficar durante todo o evento?

    O hackathon dura 5 dias inteiros. Uma vez confirmado como participante, terás de participar durante todo o evento.

  • E como faço para comer?

    Nós fornecemos refeições, café, e snacks durante o evento.

Divulgação do evento